Foi com muito esforço e dedicação que Carlos Chaym, pesquisador e professor assistente da Faculdade Cearense, defendeu a tese que inaugura a Economia Azul em Administração no Brasil.

A pesquisa, iniciada ainda em 2018, desenvolveu uma forma inédita de mensurar a evolução de inovações sustentáveis. A Inovação Azul, é caminho mais importante (se não o único) para que economia do mar que já está estabelecida se transforme em Economia Azul (Economia do Mar + Sustentabilidade). Como afirma o professor, "As inovações não surgem da noite para o dia, elas são frutos de um processo longo de desenvolvimento até chegar no mercado. Se não é possível mensurar essa evolução, como vamos saber o quão próximos estamos de alcançar a Economia Azul?".

"A tese defendida pode ser usada em qualquer setor e em qualquer lugar do mundo", afirma Chaym. Com isso, espera-se que essa contribuição seja percebida não somente na teoria, mas principalmente na prática para se alcançar as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O professor ressalta ainda que suas pesquisas refletem diretamente nas suas atividades como orientador de graduação e especialização, já que sempre estimula os alunos e alunas a abordar a sustentabilidade, em especial às metas da Organização das Nações Unidas, apresentadas na Agenda 2030.

 

 


Portal Universitas

 

Revista

 

×