Padrões da manipulação em telejornal: Caso greve na construção civil de 2012

Nenhuma cobertura
Jornalismo
Monografia
2013
Acessos: 1961
Avaliação dos usuários: / 1
RuimBom 

Revisão

RESUMO: Este estudo classifica e analisa os padrões de manipulação da informação nas matérias jornalísticas realizadas durante a campanha salarial e greve dos trabalhadores do setor da construção civil em Fortaleza, no período de 17 de abril a 6 de junho de 2012. O método utilizado foi o estudo de caso, apoiado pela análise de conteúdo dos vídeos produzidos pelas emissoras sobre o movimento de reivindicação salarial. A partir dos dados coletados foram classificados, de acordo com os estudos de Perseu Abramo (2003), os padrões de manipulação na grande imprensa. Para auxiliar a pesquisa foram apresentadas reflexões sobre a história e papel do movimento sindical, os atores envolvidos durante a greve, o período histórico selecionado, elementos da prática do jornalismo e do telejornalismo, a manipulação da informação, o papel das empresas de comunicação e a criminalização dos movimentos sociais. A partir desses dados foram analisadas as 75 matérias que constituem o arquivo de clipping do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF) referente às matérias transmitidas nas oito emissoras selecionadas: TV O Povo, TV Diário, TV Verdes Mares, TV Cidade, TV Jangadeiro, TV União, TV Assembleia e TV Ceará.

Palavras chaves: Operários, sindicato, greve, telejornalismo, manipulação.